Campo Grande, Segunda-feira 22 de outubro de 2018
13/02/2018 11h58 - Atualizado em 13/02/2018 11h58

Conheça Junior Mochi, Deputado Estadual – Pré candidato a reeleição


Por Leandro Medina

Advogado, casado e pai de dois filhos, Oswaldo Mochi Junior, conhecido como Junior Mochi, 49 anos, foi eleito para o primeiro mandato de deputado estadual de Mato Grosso do Sul com 25.691 votos, em 2006. Já em 2010, o peemedebista foi reeleito com 31.880 votos. Natural de Itápolis (SP), ele começou a atividade política como presidente da Juventude do PMDB no município de Fátima do Sul.

Foi funcionário concursado do Banco do Brasil e da comarca do Tribunal de Justiça naquela cidade. Junior Mochi também foi prefeito de Coxim, município com 33 mil habitantes, por dois mandatos consecutivos, entre 1996 e 2004. Na época, foi diretor-tesoureiro da Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul.

No Diretório Regional do PMDB no Estado, ele ocupa o cargo de vice-presidente. Atualmente, na Assembleia Legislativa, o parlamentar é líder do Governo e membro das comissões de Constituição, Justiça e Redação; Agricultura, Pecuária e Políticas Rural, Agrária e Pesqueira; Serviço Público e Administração; Controle de Eficácia Legislativa; Defesa dos Direitos do Consumidor; Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia; e Turismo Indústria e Comércio, e nas duas últimas, atua como presidente.

Ele faz parte das Frentes Parlamentares de Apoio ao Agronegócio e ao Cooperativismo, à Pessoa com Deficiência, à Indústria, aos Direitos da Pessoa Idosa, aos Direitos da Criança e do Adolescente; em Defesa do Municipalismo e de Valorização da Educação Física, Esporte, Lazer e Saúde.

Possui foco na gestão pública de excelência para beneficiar a população, como, por exemplo, a lei de isenção de taxas para uso de banheiros públicos, e a lei que institui o Programa Ver e Ouvir para Aprender; nas escolas da rede pública estadual. Cabe também enfatizar a importância do projeto de lei complementar sobre a distribuição de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) no Estado, também de autoria dele, que, se aprovado, beneficiará mais de 60 municípios em Mato Grosso do Sul.

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.