Campo Grande, Quinta-feira 25 de abril de 2019
26/01/2019 11h12 - Atualizado em 26/01/2019 11h12

Vítima de latrocínio, pecuarista é morto a pauladas e dois são presos no Paraguai


Por Diego Alves-Midiamax

O pecuarista Eloir José Pelizzaro, 56, vítima de latrocínio, foi morto a pauladas durante a madrugada desta sexta-feira (25) em sua propriedade rural na Fazenda Rodeio Bonito, zona rural de Iguatemi, cidade a 467 quilômetros de Campo Grande.

Do local, foi roubado um veículo Eco Sport do pecuarista, dinheiro e outros pertences pessoais da vítima. Dois suspeitos foram presos no Paraguai.

Na manhã desta sexta, um funcionário chegou para trabalhar, porém, estranhou a demora do patrão. Observando que não havia movimentação na propriedade rural, resolveu verificar se teria acontecido algo.

Dentro da residência, ele então encontrou Eloir, já sem vida em cima da cama, com as mãos amarradas para trás, com sinais de pauladas na cabeça. Eloir é natural da cidade de Palotina (PR).

Presos

Os brasileiros Ray Guilherme Essy Sales de 19 anos e Matheus Pereira Alonso de 18 anos, suspeitos de terem cometido o crime foram presos Salto Del Guairá, cidade paraguaia vizinha de Mundo Novo., na tarde desta sexta.

De acordo com a Polícia Nacional, os dois foram presos com o veículo, durante abordagem. Os dois estão sendo trazidos do Paraguai para Iguatemi na noite desta sexta, onde serão interrogados pelo delegado Felipe Cândido Rossato.

O Sindicato Rural de Iguatemi (SRI), emitiu nota oficial sobre a morte de Eloir:

NOTA OFICIAL

O Sindicato Rural de Iguatemi, através de seu Presidente Marcio Margatto, está acompanhando de perto, ao lado da Policia Civil, as investigações sobre o crime ocorrido na madrugada deste dia 25 de janeiro, na Fazenda Rodeio Bonito de propriedade do Sr. Eloir José Pelizzaro.

Nos solidarizamos com o nobre Produtor Rural, com sua família e com seus colaboradores. Medidas pontuais estão sendo tomadas para a elucidação do ocorrido de forma mais rápida possível. O infeliz ocorrido revelou a necessidade do Produtor Rural contar com mecanismos para sua proteção.

Para finalizar, reafirmamos nosso empenho em lutarmos cada vez mais em defesa do homem e da mulher do campo, que são pilares do desenvolvimento e do progresso de nosso MS e Brasil. Oferecemos nosso apoio ao Sr. Eloir José Pelizzaro e apresentamos aqui nosso repúdio a esse crime, esperamos que o mais breve possível seja elucidada essa questão

Envie seu Comentário