Campo Grande, Quinta-feira 25 de abril de 2019
16/06/2018 12h10 - Atualizado em 16/06/2018 12h10

Prefeitura denuncia ex-secretário após limpeza de terreno para instalação de projeto social para APAE

A limpeza do terreno teria por objetivo a implementação de uma horta orgânica que irá favorecer crianças e famílias atendidas pela entidade

Por Leandro Medina

Maquina limpando terreno para construção da horta orgânica para a APAE Maquina limpando terreno para construção da horta orgânica para a APAE

A prefeitura de Bandeirantes registrou Boletim de Ocorrência contra o ex-secretário municipal Josimar Omena após realizar limpeza em terreno da APAE onde seria implantado uma horta para atender a entidade.

O ex-secretário municipal de agricultura, pecuária, meio ambiente e produção, Josimar Omena, e o vereador e vice-presidente da Câmara Municipal, Celso Abrantes, acusam o prefeito de Bandeirantes, Alvaro Urt, de perseguição política após serem denunciados por invasão de área pública. Segundo eles, a Administração Municipal registrou boletim de ocorrência para inibir ação que iria beneficiar entidade filantrópica APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) instalada no município.

De acordo com o ex-secretário, a limpeza do terreno tem por objetivo a implementação de uma horta orgânica que irá favorecer crianças e famílias atendidas pela entidade. Josimar alega ainda que solicitou diversas vezes apoio da Prefeitura para limpeza do local, mas teve os pedidos negados pela secretaria de obras.

O registro do boletim de ocorrência foi feito pela assessoria jurídica da Prefeitura nesta quinta-feira (14), logo após a limpeza, e estaria motivado por divergência política, na opinião de Josimar. "Não existe motivo razoável para essa denúncia. A Prefeitura foi acionada diversas vezes e não quis colaborar, então tivemos que tomar a iniciativa para fazer o projeto acontecer", diz o ex-servidor.

Boletim de Ocorrência Registrada pela Prefeitura Boletim de Ocorrência Registrada pela Prefeitura

A versão do ex-secretário é confirmada pelo vereador Celso Abrantes. Segundo ele, há mais de um ano, a própria entidade tenta a limpeza do terreno que fica ao lado do prédio. "A diretoria da associação encaminhou diversos ofícios para Prefeitura e nada havia sido feito. O Josimar solicitou minha ajuda e limpamos um terreno que estava tomado por mato e lixo. O mínimo que esperávamos era um agradecimento e não um boletim de ocorrência sem fundamento", complementou.

A diretoria da entidade também confirmou que solicitou ajuda ao ex-secretário, tanto para a limpeza do terreno, quanto para a implementação da horta. Disse ainda que havia encaminhado os ofícios para Prefeitura e confirmou a doação do terreno para a entidade.

Documento da aprovação com data de 18 de Dezembro de 2012 a LEI 882/2012 da doação do terreno a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) Documento da aprovação com data de 18 de Dezembro de 2012 a LEI 882/2012 da doação do terreno a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais)

Conforme documento apresentado a nossa reportagem a Câmara Municipal de Vereadores aprovou na data de 18 de Dezembro de 2012 a LEI 882/2012 a doação do terreno a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) do Município de Bandeirantes/MS ao qual tem prestado relevantes serviços à comunidade local.

Josimar Omena no momento que o terreno esta sendo limpo Josimar Omena no momento que o terreno esta sendo limpo

Ainda segundo Josimar, até mesmo a exoneração do cargo de confiança que ocupava junto ao Prefeito ocorreu por perseguição política. "Sempre estive envolvido em projetos sociais e desenvolvia um trabalho sério na secretaria de agricultura. O problema é que não quis apoiar os candidatos que ele apoia para deputado estadual e federal, aí tudo mudou. Ao me demitir, ele simplesmente disse que eu estava aparecendo mais que ele", completou.

A redação tentou contato telefônico com o prefeito Alvaro Urt, mas até o fechamento desta matéria, não obteve retorno.

Envie seu Comentário