Campo Grande, Sexta-feira 24 de maio de 2019
23/04/2019 19h54 - Atualizado em 23/04/2019 19h54

Prefeitura de Bandeirantes é investigada por casos de nepotismo


Por Leandro Medina

A Prefeitura Municipal de Bandeirantes está sendo investigada pelo Ministério Público Estadual em inquérito em andamento que apura caso de nepotismo.

Conforme denúncia protocolada junto ao Ministério Público Estadual em agosto de 2017 para apurar eventual caso de Nepotismo e acabou revelando uma extenso caso de Nepotismo que se estende desde parentes do prefeito, vice prefeito, secretários municipais e vereadores.

O promotor PAULO HENRIQUE MENDONCA DE FREITAS considerou a ausência do requisito da impessoalidade na escolha e tratou como ofensa aos princípios da eficiência e da igualdade. "Pois é fato público e notório que o critério de escolha não é a capacidade, nem a aptidão para o trabalho, mas outros fatores, sempre antiético, imoral e antirrepublicano, a ferir o senso comum, que é justamente a concessão de cargos e funções na Administração Pública pela relação de parentesco que tem entre si ou com um agente político aliado"

No início do mês de março uma recomendação feita pelo ministério público: RECOMENDAÇÃO 0004/2019/PJ/BND

Deverá o Prefeito Municipal informar e comprovar nesta Promotoria de Justiça, em até 45 dias as providências adotadas, e publicar está recomendação no Diário Oficial do Município e no "Website" da Prefeitura, remetendo cópia da publicação e informações a respeito do acatamento ou não dos itens desta recomendação a esta Promotoria de Justiça de Bandeirantes/MS.

Envie seu Comentário