Campo Grande, Segunda-feira 27 de maio de 2019
17/10/2017 07h43 - Atualizado em 17/10/2017 07h43

MP vai investigar irregularidades de gestão de hospital de MS fechado há quase um ano

Segundo Ministério Público, Hospital Regional de cirurgias eletivas de Dourados (MS) também pode ter sido subutilizado.

Por Leandro Medina com Informações do G1

Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul (MP-MS) instaurou inquérito civil para investigar possíveis irregularidades na gestão do Hospital Regional de cirurgias eletivas de Dourados, fechado há quase um ano.

A promotoria também vai averiguar uma possível subutilização do hospital. O local está fechado desde novembro de 2016 por problemas na estrutura do prédio que foi inaugurado em 2015, com investimento de R$ 1,2 milhão em equipamentos. Os atendimentos ainda não foram retomados por problemas na licitação. Em fevereiro deste ano, um acordo chegou a ser feito na Justiça para que o município assumisse a unidade. Mas, na época, a Secretaria Estadual de Saúde disse que voltaria a funcionar em 15 dias e sob gestão do estado.

Assim, a prefeitura disse que não compensava para o município assumir o hospital por tão pouco tempo. Até agora o hospital continua com as portas fechadas. A unidade tem capacidade para realizar média de 200 cirurgias por mês.

A produção da TV Morena entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde que informou que a responsabilidade pelo Hospital Regional é do estado. A Secretaria Estadual de Saúde não retornou o contato.

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.