Campo Grande, Sábado 23 de fevereiro de 2019
25/06/2018 16h43 - Atualizado em 25/06/2018 16h43

Grupo é preso quando preparava resgate de membros do PCC em presídio na fronteira

Plano também seria de arrombar bancos na fronteira

Por Thatiana Melo

A polícia do Paraguai prendeu, neste fim de semana, na fronteira com Ponta Porã, parte de uma quadrilha que planejava mega-assalto e o resgate de presos ligados ao PCC (Primeiro Comando da Capital), em um presídio em Pedro Juan Caballero.

Um dos presos é Arnaldo Romero Ruiz, de 24 anos, conhecido como ‘Pânico’. Ele seria integrante do PCC e articulador do resgate de seus companheiros, além do planejamento de arrombar agências bancárias na fronteira.

De acordo com o site Porã News, em uma casa no bairro Ñasaindy, em Ciudad Del este, a polícia paraguaia apreendeu armas de grosso calibre, capacetes táticos, rádios de comunicação, pregos tipo ‘miguelitos’, máscaras e vários objetos que seriam usados nas ações.

Outros objetos que podem indicar a localização de integrantes da facção criminosa também foram apreendidos pela polícia.

Envie seu Comentário