Campo Grande, Sexta-feira 24 de maio de 2019
30/04/2019 11h22 - Atualizado em 30/04/2019 11h22

Em Bandeirantes Secretário Municipal chama vereador de vagabundo e vira caso de polícia


Por Leandro Medina

Vereador Luiz Fernando segurando Boletim de Ocorrência em desfavor do Secretario Municipal de Obras. Vereador Luiz Fernando segurando Boletim de Ocorrência em desfavor do Secretario Municipal de Obras.

Na manhã desta terça-feira (30) o secretário municipal de obras e infraestrutura do município de Bandeirantes, distante 75 km de Campo Grande, ao ver o Vereador Luiz Fernando (PSD) fiscalizando uma unidade educacional PETI, de forma inesperada proferiu palavras de baixo calão contra o vereador, dizendo "o que esse vagabundo está fazendo aqui e ameaçando de agressão.

O caso foi parar na delegacia de polícia onde foi lavrado um Boletim de Ocorrência de número 166/2019 contra o secretário municipal Marcos Rodrigues de ameaça e injuria contra funcionário público em razão de sua função. Artigo 147 e Artigo 141.

Consta no boletim de ocorrência que Marcos Rodrigues, após xingar o vereador que mesmo após entrar em seu carro, o secretario continuou com as ofensas.

"Saia do carro e venha aqui! Tenta mandar minha mulher embora!"

Ao Correio do MS, Luiz Fernando relatou; "Nós estávamos no PETI para verificar como ficou após a reforma, exercendo nosso papel de fiscalizador, que eu sempre tenho exercido esse papel, e acompanhando a qualidade do serviço público de perto e fui surpreendido repentinamente pela presença do secretário de obras Marcos Rodrigues que chegando no local falou para a funcionaria Leia o que que esse vagabundo está fazendo aqui! Eu me surpreendi com as palavras do secretário que é uma autoridade na cidade e o vereador tem que ser visto com olhos de autoridade por que representamos o povo, representa a população, e nosso papel é esse de acompanhar e inclusive o serviço ficou muito bom, os pisos, banheiros, etc. Mas fui surpreendido com essas palavra de baixo calão." comentou

Entramos em contato com o Secretario Municipal de Obras, para comentar o ocorrido mas até o fechamento desta materia não conseguimos contato.

Envie seu Comentário