Campo Grande, Terça-feira 19 de março de 2019
18/02/2019 20h56 - Atualizado em 18/02/2019 20h56

CCZ elimina focos de Aedes na praça e pede colaboração de populares


Por Assessoria de Comunicação

Em ação neste domingo (17), o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) eliminou focos de mosquito Aedes aegypti na Praça Antonio João, centro de Dourados. Foi identificado lixo descartado irregularmente no local e que, após chuva, se tornou ponto favorável para reprodução do mosquito transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya.

Rosana Alexandre da Silva, coordenadora do CCZ, disse que após denúncias, o trabalho de eliminação das larvas ocorreu de forma imediata.

Ela destacou que a falta de asseio da população contribui para ambientes "favoráveis" para o Aedes.

"Nesse período de constantes chuvas estamos em alerta. O lixo a céu aberto logo acumula água e o local fica atrativo para o mosquito se reproduzir. Pedimos a colaboração das pessoas para não descartar lixo de forma irregular e para que cuidem de seus terrenos e quintais com limpeza e higiene", disse.

O foco estava concentrado no Monumento a Bíblia. O secretário de Serviços Urbanos, Fabiano Costa, solicitou a inserção de areia no local para evitar acúmulo de água. Outras medidas cabíveis no local estão sendo verificadas pela Prefeitura de Dourados.

Por meio do CCZ, a Prefeitura de Dourados mantém o trabalho de orientação, combate e prevenção da dengue e de outras doenças. Mutirões acontecem regularmente, além de atividades educativas. O índice de casos de dengue se mantém baixo em Dourados, no entanto, a gestão municipal solicita que a população se empenhe no combate ao mosquito e denuncie imóveis com condições críticas de limpeza para que os agentes façam a vistoria.

Rosana destaca que as denúncias devem ser realizadas via telefone do CCZ, mas, por conta de problema técnico no aparelho, o contato necessita ser feito temporariamente via celular: 67 9 9960 5552.

Envie seu Comentário