Campo Grande, Sexta-feira 24 de maio de 2019
09/05/2019 16h34 - Atualizado em 09/05/2019 16h34

APAE, UFMS e SES fazem lançamento do primeiro Programa de Residência Multiprofissional em Reabilitação Física do Estado


Por Imprensa APAECG

Na tarde de ontem (09/05), a APAE de Campo Grande, por meio do seu Centro Especializado em Reabilitação (CER/APAE), juntamente com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e a Secretaria de Estado de Saúde (SES), promoveram o lançamento do primeiro Programa de Residência Multiprofissional em Reabilitação Física do Estado. Na oportunidade, foi celebrada, ainda, a implantação do Laboratório de Atenção Multiprofissional às Crianças com Síndrome Congênita do Zika Vírus, da Clínica Escola Integrada do Instituto Integrado de Saúde (INISA/UFMS). O evento foi realizado na sala de Atos da Reitoria da UFMS.

Pioneiro em Mato Grosso do Sul, a primeira turma do programa da residência é composta por oito profissionais das áreas de Enfermagem, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Terapia Ocupacional, Psicologia e Serviço Social, que permanecerão no programa durante o período de 2 anos. As atividades práticas da residência estão sendo desenvolvidas na Clínica Escola Integrada (CEI/UFMS) e no CER/APAE.

De acordo com o Coordenador do CER/APAE, Paulo Muleta, o Ministério da Saúde tem cinco grandes redes no Brasil, dentre as quais, segundo ele, a rede de atenção à saúde da pessoa com deficiência é a que menos está implantada dentro do Sistema Único de Saúde (SUS). "O investimento na capacitação acadêmica de residentes e o matriciamento deles no serviço da atenção básica, possibilita a ampliação da oferta de serviços na área, além de possibilitar a formação de profissionais especializados para o atendimento da Pessoa com Deficiência", afirmou.

Durante a solenidade, o Presidente da APAE de Campo Grande, Antônio José dos Santos Neto, agradeceu a parceria firmada entre as instituições do programa. "Nossa parceria com a UFMS, e com as secretarias de saúde, está firmada há muito tempo. Estamos aqui para dar as boas-vindas para os residentes do programa. Contem conosco e aproveitem a oportunidade de utilizar todos os nossos recursos destinados à rede de cuidado da pessoa com deficiência. Acredito que vocês irão contribuir para o desenvolvimento do programa e para fortalecimento das políticas dos Ministérios da Educação e da Saúde", declarou.

Segundo o Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, este programa de residência também deve ser reproduzido em outros estados do Brasil. "O tema das pessoas com deficiência sempre fez parte da minha trajetória. É importante que essa iniciativa, pioneira em Mato Grosso do Sul, também possa ser aplicada em todo o país. Fico muito feliz e quero parabenizar a universidade e a APAE".

"Estamos em parceria com a instituição desde que assumimos a gestão. Com o apoio da Doutora Jaceguara, foram fechadas várias demandas de projetos vinculados com a APAE. Nós estamos iniciando e dando continuidade nessa parceria porque acreditamos. Não tem como a maior universidade do Estado de Mato Grosso do Sul fugir de seus compromissos sociais, ainda mais na área da saúde", declarou o Reitor da UFMS, Marcelo Turine.

Compuseram a mesa: a Procuradora de Justiça Jaceguara Dantas da Silva; o superintende do HUMAP/UFMS, Cláudio Silva; Secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende; Presidente da APAE de Campo Grande, Antônio José dos Santos Neto; Diretora do Instituto Integrado de Saúde INISA/UFMS, Luciana Contrera e Reitor da UFMS, Marcelo Augusto Santos Turine.

Estiveram presentes na solenidade: Coordenador-Geral da APAE, Nilo Sérgio Leme; Presidente da Feapaes/MS, Ottão Pereira; Coordenador do CER/APAE, Paulo Muleta; Coordenadora-Geral do IPED/APAE, Josaine Palmieri; Coordenador Administrativo do IPED/APAE, Valdai Nery de Mello; conselheiros da APAE e demais colaboradores.

Envie seu Comentário