Campo Grande, Quinta-feira 24 de janeiro de 2019
07/12/2018 17h23 - Atualizado em 07/12/2018 17h23

Paulo Puff é inocentado pela justiça e arma plantada em seu carro prova armação politica


Por Leandro Medina

Paulo Puff (PT) Foto Arquivo Pessoal Paulo Puff (PT) Foto Arquivo Pessoal

Na tarde desta sexta-feira (07) o Juiz de Direito Jessé Cruciol Junior absorveu Paulo Roberto de Oliveira, popularmente conhecido como "Paulo Puff" onde foi acusado de portar ilegalmente uma de arma de fogo.

Conforme sentença o próprio Ministério Público Estadual requereu a absolvição do réu por ausência de provas.

"Analisando detidamente todos os elementos probatórios coligidos, não há como indicar o acusado como o proprietário da arma de fogo, pairando dúvidas acerca da real dinâmica dos fatos, até mesmo diante das alegações feitas pelo réu e pelas testemunhas por ele arroladas, diante das inimizades existentes na cidade, bem como face a inexistência de qualquer indicio de utilização na arma de fogo que possa indicar que tenha sido, ao menos manuseada pelo réu", concluiu Ministério Publico

"Considerando o paradigma acusatório do processo penal brasileiro, acolho a manifestação ministerial, adotando inclusive sua fundamentação como motivação desta decisão, Posto isso, rejeito a pretensão formulada na denúncia para o fim de absolver o réu Paulo Roberto de Oliveira, já qualificado, o que faço por força do disposto no art. 386, inc. VII, do Código de Processo Penal". Jessé Cruciol Junior, Juiz de Direito

Para o Correio do MS Paulo Puff, relatou que só tem a agradecer a Deus pelo resultado e emocionado disse a Justiça foi Feita; "Agradeço primeiramente a Deus, sem ele presente em nossa vida a gente não é nada e essa vitória com certeza tem a mão de Deus, agradeço também minha família, minha esposa, milha filia mariana aos meus pais, aos meus cunhados, as minhas cunhadas, minhas irmãs ao de Nova Alvorada do Sul, que desde do momento que ocorreu indevidamente minha prisão por esta arma plantada no meu carro tiveram sempre me apoiando sempre abraçando, sempre trazendo palavras de conforto não só a mim mas a toda família, então hoje é dia de celebrar é dia de agradecer a Deus, é dia de abraçar a família abraçar os amigos, e acima de tudo a justiça foi feita isso é o que é mais importante, sempre andei de cabeça erguida em Nova Alvorada do Sul sabendo não devia, sabendo que não tinha cometido essa ilicitude e hoje estou podendo mostrar para a população de Nova Alvorada do Sul que fui uma vítima, mas Deus me honrou e a justiça foi feita, eu só tenho que agradecer imensamente a todos que manifestaram palavras de apoio de carinho que Deus abençoe ricamente cada uma das famílias de Nova Alvorada do Sul."

ENTENDA O CASO

Na noite do dia 16 de junho de 2014, por volta das 21h30min, o então vereador Paulo Roberto de Oliveira (Paulo Puff), saia da Câmara Municipal de Nova Alvorada do Sul quando foi abordado pela Policia Militar que ao revistar seu veículo encontrou debaixo do banco uma revólver calibre .38 marca Taurus com a numeração de registro raspada, com cinco munições intactas e uma deflagrada

Segundo informações do inquérito Policial, uma denúncia anônima levou a polícia a encontrar a arma, o caso de imediato foi visto com estranheza por parte dos colegas vereadores e amigos de Paulo Puff.

Laudos periciais realizado comprovam que não foi encontrado na arma qualquer impressão digital de Paulo Puff, que se ele fosse proprietário da arma teria que ter suas digitais como prova.

Na época dos fatos Paulo Puff se posicionava como uma das maiores oposições da gestão de Juvenal Neto, e atuava de forma veemente contra qualquer tipo de irregularidade que encontrava isso gerou muitos inimigos políticos.

"Analisando detidamente todos os elementos probatórios coligidos, não há como indicar o acusado como o proprietário da arma de fogo, pairando dúvidas acerca da real dinâmica dos fatos", texto da sentença

Rumores de armação política contra Paulo Puff, correu os bastidores da política sulnovaalvoradense na época. E o que se pode entender que a arma encontrada no carro foi plantada.

Atualmente Paulo Puff é Vereador pelo Partido dos Ttabalahdores PT, e licenciado ao Cargo de Secretario Municipal de Educação.

Envie seu Comentário