Campo Grande, Segunda-feira 17 de dezembro de 2018
27/11/2018 11h17 - Atualizado em 27/11/2018 11h17

Vereadores de Bandeirantes buscam apoio para a não-reordenação da Escola João Ribeiro Guimarães


Por Leandro Medina

Deputados Estaduais Marcio Fernandes, Mara Caseiro, Junior Mochi e Barbosinha juntamente dos vereadores de Bandeirantes discutem uma solução. Deputados Estaduais Marcio Fernandes, Mara Caseiro, Junior Mochi e Barbosinha juntamente dos vereadores de Bandeirantes discutem uma solução.

Na manhã desta terça-feira (27) alunos, professores, e diretores da escola Estadual João Ribeiro Guimarães da cidade de Bandeirantes, reuniram na quadra da unidade escolar em forma de manifestação contra a possível reordenação estadual para a rede municipal.

Segundo informações o assunto veio à tona após a visita do prefeito Alvaro Urt junto a Secretaria Estadual de Educação, sobre a alegação que o a escola João Ribeiro Guimarães deixaria ordenação estadual e seria municipalizada.

O assunto logo chegou as redes sociais que já tem até uma mobilização online denominada #nãoamunicipalização

“Como Presidente da Associação Bandeirantense de Estudantes quero dizer que sou contra a Municipalização da Escola João Ribeiro. Podem contar comigo nessa luta”

— Flavio Gonçalves Paiva

Diversos alunos ocuparam a quadra da escola até com cartazes defendendo a não reordenação da escola.

Vereadores compareceram para prestar apoio aos alunos, professes e a direção da unidade escolar.

Vereadores se comprometeram em buscar uma solução para que seja em benefício de todos

Vereador Luiz Fenando Sauer do PSD, se comprometeu em estar indo em busca de resposta; *"ainda hoje estarei indo até a Secretaria de Educação Estadual, Assembleia Legislativa para ter uma solução" afirmou

"Nossa preocupação vai além de mudar do estado para o município, teremos uma superlotação de salas de aulas, professores que ficaram desempregado, entre outros aspectos que afetaram direta e indiretamente, somos contra" destacou vereador

Segundo a Secretaria Estadual de Educação Maria Cecilia Amendola da Motta, a reordenação das rede Estadual e redes municipais, estão sendo feitas em todo estado, de acordo com as tratativas com os prefeitos.

A meta final, de acordo com a legislação, é que o município atenda a educação infantil e o fundamental I e que o estado atenda o fundamental II e o Ensino Médio.

Conversei com o presidente da Assomasul e combinamos que cada caso era um caso e que dependeria da conversa com os prefeitos e é assim que está acontecendo

Envie seu Comentário