Campo Grande, Quinta-feira 23 de maio de 2019
11/03/2019 13h44 - Atualizado em 11/03/2019 13h44

Saúde da população preocupa vereadores de Nova Alvorada do Sul


Por Carlos Luquetti – Assessoria de Imprensa

O tema saúde foi amplamente discutido pelos vereadores durante a Sessão Ordinária do último dia 07/03/19. Quem abriu a discussão e aprovou matéria neste sentido foi a Vereadora Jane Olmedo Barrios (PSDB), que na oportunidade solicitou do Poder Executivo explicações sobre o estado geral da Pasta de Saúde Pública no município.

O requerimento solicitando as mais diversas informações foi encaminhado ao Prefeito Arlei Barbosa (MDB), com cópia e conhecimento do Secretário de Saúde, Sr. Eduardo Mendes. A maior preocupação esteve voltada ao funcionamento e atendimento do Hospital Francisca Ortega que centraliza uma grande demanda de atendimentos e tem sido alvo de insatisfação de populares quanto aos serviços prestados, além da suposta falta de alguns profissionais com especialidades médicas, demora no atendimento e análises laboratoriais que não atende a rapidez necessária que alguns diagnósticos requerem. Lembrando que os exames laboratoriais são primordiais nos processos de diagnósticos e tratamento.

Dentre as deliberações, muito foi questionado sobre o quadro de médicos plantonistas, enfermeiros, seus horários, troca de plantões; quantos médicos especialistas prestam atendimento no Hospital Francisca Ortega, quantas pessoas são atendidas por elas; quais as especialidades e dias de atendimento, bem como, quais as cirurgias estão sendo realizadas no Hospital. Interessante ressaltar que algumas gestões públicas já realizam uma ampla divulgação das especialidades médicas, assim como, as trocas de plantões.

O suporte de atendimento também trouxe questionamentos e pedido de informações para conhecimento dos edis como: quantos motoristas fazem plantão no HM e estão diretamente ligados ao HM. Sobre o quadro de funcionários que prestam serviços gerais e limpeza também houve questionamentos, assim como, quais exames laboratoriais estão disponíveis para a população através do SUS.

Por outro lado, o debate proposto na Casa de Leis, também gerou pedido de informações sobre quais os médicos que estão exercendo suas atividades nos postos de saúde do município (UBS e ESF); quantidade de consultas diárias e visitas domiciliar, conforme define a Estratégia de Saúde da Família. Sobre os odontólogos e fisioterapeutas, foram cobradas as mesmas informações.

A vereadora Jane Olmedo (PSDB) justificou o pedido de informações por entender que as mesmas são extremamente importantes para orientação da população de Nova Alvorada do Sul com objetivo de dar respostas diante de tantas indagações recebidas ultimamente a respeito dos serviços públicos na área de saúde do município, gerando reclamações pela falta de atendimento médico em algumas unidades (UBS e ESF) e demora nos quadros de atendimento emergencial no HM.

"Estamos diante de um quadro que demanda uma maior atenção por parte do Poder Público; acredito que todos os serviços devam ter suas prioridades e grau de importância e as prioridades devem ser respeitadas. Tivemos conhecimento da demora nos procedimentos básicos, como crianças com febre alta e idosos e isto não pode acontecer, assim como, é necessário que a população tenha acesso às informações importantes sobre a Pasta Municipal de Saúde e o Executivo tem que compartilhar um pouco mais suas ações", disse a Vereadora Jane.

Envie seu Comentário