Campo Grande, Quarta-feira 20 de março de 2019
23/03/2017 09h30 - Atualizado em 23/03/2017 09h30

Prefeitura faz redução de cargos comissionados, gerando 389.710,56 de economia para os cofres públicos

Além da redução outros 42 cargos foram extintos e isso resultará economia para os próximos quatro anos de gestão

Por Tainan Gama

Foto: Patrese Marengo Rios Foto: Patrese Marengo Rios

Na tarde de ontem (22), o prefeito Arlei Silva Barbosa (PMDB) realizou junto do Procurador Jurídico Oliveira Sérgio, do Coordenador de Recursos Humanos Adelamar Barbosa, da Tesoureira Luciene Quadros, do Assessor de Comunicação e Instituição Patrese Marengo Rios, e do Presidente da Câmara de Vereadores Edir Alves Mesquita, uma coletiva de imprensa para esclarecer sobre os assuntos entorno das diárias e cargos comissionados.

Segundo o prefeito Arlei, o valor das diárias entre os anos de 2013 e 2016 eram exorbitantes e não possuía uma base logica, ainda segundo ele a redução se deu para que o valor gasto seja investido no município da maneira adequada.

As diárias possuem valores diferentes, isso depende do cargo ocupado e para qual finalidade ela será usada. Por exemplo: Para o prefeito ir de Nova Alvorada do Sul à Campo Grande, ele receberia em torno de 980,00, na atual gestão o valor foi reduzido para 400,00. Para que ele saia do município e vá para fora do estado, a diária ficava em torno de 1.970,00, hoje o valor caiu para 700,00. Obtendo uma redução total de cerca de 3.400,00 para os cofres públicos apenas com redução desses beneficio.

Foto: Patrese Marengo Rios Foto: Patrese Marengo Rios

Outra redução de valores se deu na redução de 42 cargos que foram extintos na gestão 2017, sendo 13 vagas de Coordenadores de Departamento, 5 de Assessores I, 4 vagas de Assessor II, 2 vagas de Chefe de Equipe, 3 vagas de Assessor de Gabinete, 15 vagas de secretario. Em contra partida 11 cargos foram criados para adaptação de funções exercidas dentro da Prefeitura Municipal, sendo 10 Gerentes de Setor e 1 Secretário de Governo, onde os gerentes farão função semelhante ao já exercida pelos chefes de equipe, ou até mesmo coordenadores de departamento.

Segundo o Procurador Jurídico, a redução mensal será de 8.118,97 mensais, com a extinção e redução de cargos no poder publico.

Além das reduções de cargos, o gestor municipal citou ainda sobre outras reduções realizadas, que ainda não possuem valores exatos para demonstrativos, mas que já fazem diferença nos cofres públicos, onde aluguéis de prédios e carros foram reduzidos, manutenções em instalações hidráulicas e elétricas, para redução dos valores das taxas cobradas.

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.