Campo Grande, Segunda-feira 17 de dezembro de 2018
22/12/2016 18h06 - Atualizado em 22/12/2016 18h06

Eleições de 2018 já especulam possíveis candidatos a presidente


Por Leandro Medina

Montagem Jornal Correio do MS Montagem Jornal Correio do MS

Está chegando ao final do ano de 2016 e, com ele, já começa a se desenhar o caminho para as eleições presidenciais de 2018. Nada mais natural, já que os prefeitos e vereadores eleitos serão a base de sustentação para os candidatos das eleições de 2018. Mas será que já é possível dizer quem serão os candidatos a Presidente nas eleições de 2018?

Claramente podemos destacar vários nomes e sugerir como possíveis candidatos. Afinal, atualmente as forças não estão mais polarizadas. Já não existe mais um controle dentro do Governo Federal que nos leve a pensar que o candidato do governo tenha todas as possibilidades de ser vitorioso porque conta com o apoio da máquina pública.

Na verdade, com toda a instabilidade que o Governo Federal está demonstrando, é natural que diversos nomes surjam como possíveis candidatos a Presidente nas eleições de 2018.

Foi pensando nisso que decidimos fazer um rápido levantamento sobre os principais nomes que podem vir a lançar a candidatura a Presidente em 2018.

Michel Temer (PMDB) Michel Temer (PMDB)

Até o momento em que a crise econômica se instalou no Brasil e a crise política começou a assombrar o Palácio do Planalto, Michel Temer, o Vice-Presidente da República, era um fiel escudeiro da Presidenta Dilma Rousseff e o maior defensor da teoria de que o PMDB deveria manter sua aliança com o PT. Mas após os destroços causados pela crise, encontramos em Michel Temer um pretenso candidato a Presidente da República nas eleições de 2018. Isso especialmente por conta do processo de impeachment da Presidenta. Nesse caso, Temer assumiu o mandato e já começou a trabalhar por sua reeleição em 2018.

Lula (PT) Lula (PT)

Seria impossível não colocá-lo nessa lista, porque afinal trata-se de um Presidente que alcançou indiscutíveis níveis de aceitação e aprovação em seus mandatos, embora tenha sofrido diversas denúncias de corrupção durante seus oito anos de mandato e pode sofrer com a queda de popularidade que o PT vem sofrendo nos últimos anos, porém sua ação incisiva na área social lhe creditou a confiabilidade necessária para ser novamente candidato a Presidente nas eleições de 2018.

Aécio Neves (PSDB) Aécio Neves (PSDB)

Neto do inesquecível Tancredo Neves, ex-Governador do Estado de Minas Gerais, Presidente Nacional do PSDB, atualmente Senador da República pelo mesmo Estado e foi principal nome da oposição ao Ex-governo de Dilma Rousseff, Aécio Neves se mostra como um nome fortíssimo para ser candidato a Presidente em 2018, especialmente depois de disputar as eleições de 2014 e se mostrar um adversário difícil de ser vencido

Jair Bolsonaro Jair Bolsonaro

Um possível candidato que vem ganhando nome no cenário político é o Jair Bolsonaro, ele faz uma forte oposição ao governo e tem uma longa história como deputado, inclusive sendo o mais votado do Rio de Janeiro em 2014. Ele tem um perfil mais conservador e seu nome vem ganhando grande apoio como um dos possíveis candidatos nas eleições 2018.

Marina Silva (REDE) Marina Silva (REDE)

A ex-Ministra e ex-Senadora já foi candidata a Presidenta da República duas vezes e sempre se mostrou uma boa adversária, capaz de impor receio aos seus opositores. Sempre defendendo as bandeiras da sustentabilidade, da união e da fraternidade, Marina Silva mostrou-se muito forte nas eleições. Hoje fundadora e Membro da REDE Sustentabilidade, Marina Silva se mostra como um dos nomes dados como certos nas eleições de 2018.

Aloízio Mercadante (PT) Aloízio Mercadante (PT)

Esse é possivelmente o caso mais emblemático de um candidato a Presidente nas eleições de 2018. Aloizio Mercadante, Senador da República, ex-Ministro Chefe da Casa Civil e homem forte do Ex-governo Dilma Rousseff representa a cisão velada que está acontecendo entre a Presidenta e seu grande mentor político, o ex-Presidente Lula. Trata-se de uma aventura perigosa para o PT, que corre um sério risco de chegar "rachado" às eleições de 2018.


Outros candidatos a presidente 2018

Além desses, há também os demais candidatos a presidente que em todas as eleições ressurgem para disputar o pleito. É o caso de Levy Fidelix (PRTB), Luciana Genro (PSOL) e José Maria Eymael (PSDC). São candidatos que em todas as eleições alcançam no máximo 1% dos votos, mas nunca desistem de suas candidaturas. É como se fosse questão de honra concorrer às eleições, porém candidatos bastante importantes para a democracia do país.

Potencial de vitória nas eleições 2018

Toda eleição traz sempre dois candidatos que aglomeram a maior parte dos partidos aliados e que protagonizam as mais acirradas disputas nos palanques e nas urnas. E ultimamente, nas eleições presidenciais, essa luta se tornou acima de tudo um ideal partidário, com o enfrentamento direto entre PT (o partido do governo) e PSDB (principal partido de oposição). E, a menos que a situação mude bastante até lá, possivelmente as eleições de 2018 terá a mesma configuração, com a polarização entre os candidatos a presidente do PT e do PSDB.

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.