Campo Grande, Segunda-feira 17 de dezembro de 2018
26/10/2018 19h28 - Atualizado em 26/10/2018 19h28

MS tem 9 cidades em situação de emergência por causa das chuvas


Por Progresso

Em Mato Grosso do Sul nove cidades – Tacuru, Iguatemi, Coronel Sapucaia, Amambai, Paranhos, Itaquiraí, Caarapó, Jardim e Bandeirantes – já decretaram situação de emergência municipal por causa dos estragos causados pelas recentes chuvas. A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) já deu iniciou às vistorias nos municípios atingidos e iniciou o suporte necessário para atender à população.

Dos locais em alerta, a Defesa Civil Estadual decretou emergência em Caarapó, Jardim e Bandeirantes. Os três municípios também já foram reconhecidos em situação de emergência pela Defesa Civil da União, o que garante mais agilidade na obtenção de recursos, sejam financeiros ou materiais.

Já as outras cidades, que possuem apenas decreto municipal de situação de emergência, como Tacuru, precisam finalizar a entrega de relatórios para que o Estado possa também decretar a situação de emergência por eles.

Conforme coordenador da Cedec, tenente-coronel Fábio Catarineli, o decreto estadual é de extrema importância, pois é por meio dele que as cidades obtêm serviços oferecidos pelos órgãos estaduais, como Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul). "O Estado está atento às necessidades dos municípios e quando solicitam, fazemos a distribuição de kits de ajuda humanitária, colchões, cesta básicas, lonas, medicamentos, além da oferta de outros serviços, como a Agesul, que trabalha no restabelecimento de estradas rurais e outras ações".

Outros dois municípios, Corumbá e Novo Horizonte do Sul, ainda estão em situação de emergência, mas não devido às chuvas recentes. "O decreto de emergência é válido por 180 dias, e é o caso dessas duas cidades. Corumbá declarou em maio, quando ocorreu a cheia do rio Paraguai. Novo Horizonte do Sul decretou em julho, por causa da chuva que atingiu a cidade", explica.

Prevenção

A Defesa Civil disponibiliza, gratuitamente, um mecanismo de alerta para situações de emergência. Se houver previsão de tempestades – ventos fortes, raios e grandes precipitações – uma mensagem, encaminhada via SMS, garantirá que a população se proteja e se previna de possíveis danos materiais e humanitários.

Para se cadastrar basta enviar uma mensagem de texto para o número 40199, e no corpo do texto escrever o CEP da localidade- apenas o número. O mesmo usuário pode cadastrar mais de um CEP pelo mesmo telefone, contanto que as mensagens sejam encaminhadas uma por vez. A partir do cadastramento, o número do telefone e o respectivo endereço são automaticamente incluídos na lista de envio dos alertas, e sempre que houver risco de desastres naturais na região o usuário será avisado.

É possível, também de forma gratuita, cancelar o envio das mensagens a qualquer momento. "É só encaminhar um SMS para o mesmo número, 40199, com a palavra SAIR", afirma o coordenador.

Catarineli salienta que a população precisa criar o hábito de checar a previsão do tempo. "Precisamos criar a cultura de prevenção. É importante avaliar as condições do tempo já que, em muitos casos, essa atitude pode evitar grandes danos".

Envie seu Comentário