Campo Grande, Sexta-feira 24 de maio de 2019
09/05/2019 15h03 - Atualizado em 09/05/2019 15h03

Capitão une segmento para alavancar turismo de MS para o Brasil e mundo


Por Jucyllene Castilho

"Viva Mato Grosso do Sul", essa é a proposta da Audiência Pública de Turismo feita pelo deputado estadual, Capitão Contar (PSL), que é presidente da Comissão de Turismo, Indústria e Comércio da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul). O evento que teve a maior adesão dos envolvidos com o segmento, trouxe propostas para alavancar o turismo do Estado, e divulgá-lo dentro do país e para o mundo. A audiência foi realizada na tarde desta quarta-feira (8), e contou com diversas autoridades do setor, universidades, acadêmicos e público em geral interessado pelo assunto.

Participaram da mesa o proponente da audiência e presidente, o deputado estadual Capitão Contar; além do vice-presidente da Comissão de Turismo da ALMS, o deputado João Henrique; o ministro da carreira diplomática do Ministério das Relações Exteriores, João Carlos Parkinson de Castro; o diretor de Desenvolvimento do Turismo e Mercado, Geancarlo Merighi; secretário de Turismo do Município de Campo Grande, Melissa de Carvalho Sone Tamaciro; representante da ABAV/MS (Associação Brasileira de Agência de Viagens de Mato Grosso do Sul), Cristiano Cicuto; presidente da ABIH/MS (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Mato Grosso do Sul), Marcelo Mesquita; a economista e representante da Fecomércio/MS (Federação do Comércio do Estado de Mato Grosso do Sul), Daniela Teixeira; e o economista chefe da ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande), Normann Kalmus.

"A nossa intenção é mostrar que Mato Grosso do Sul tem muito a oferecer, mas o que falta muitas vezes é o diálogo. É abrir um debate e fazer com que as pessoas falem mais sobre o que temos no nosso Estado, da nossa natureza, riqueza, geração de empregos e parcerias", falou o Capitão Contar e acrescentou que, "cachoeiras, parques, atividades de aventuras, ponto de observatório, uma rota que em breve será realizada, hotéis, restaurantes, artesanato, essas são algumas das infinitas possibilidades que temos, mas que falta é dar visibilidade para tudo isso. Fazer com que nosso turismo seja mais forte, com futuro mais próspero".

O deputado João Henrique lembrou do projeto de lei em parceria com o Capitão Contar. "O Voe MS é apenas um pontapé para fomentar o turismo. Muitas vezes as pessoas do nosso próprio Estado, não tem como se locomover por Mato Grosso do Sul e conhecer onde mora. Além disso, os turistas que muitas vezes passam por aqui e acabam indo embora rapidamente, pela falta de opções. Por isso, estamos empenhados nesta nova proposta", comentou.

O Ministro de carreira diplomática frisou a importância do Corredor Rodoviário Bioceânico que deve ser lançado nos dias 21 e 22 de agosto. "Precisamos da união de todos, pois esta rota vai ligar Mato Grosso do Sul aos demais países da América do Sul. Uma das propostas é um aplicativo como guia, uma rede de internet, além de parcerias com hotéis, comércio, postos de combustíveis, restaurantes, universidades e outros serviços que ajudam a somar e fomentar o nosso turismo. Criando um marco", enfatizou João Carlos, do Ministério das Relações Exteriores.

"Essa é a primeira vez em 40 anos, que vejo alguém da política realmente com vontade de ouvir o setor, e fazer com que o turismo seja gerador de empregos e referência no nosso Estado. Essa é uma oportunidade ímpar de poder contar com você Capitão Contar", disse a representante do Visit Pantanal MS, Fátima Cordella, parabenizando o deputado pela proposição da audiência.

Os envolvidos no setor se comprometeram em se reunir e criar maneiras de atrair turistas para o nosso Estado, de forma que os conquistem. "Precisamos de dados sobre o nosso público, local de eventos e o que podemos oferecer. Pois diversidade temos e vontade também. Vamos juntos levantar a bandeira do nosso Estado. Por um turismo mais forte, fomentador e com destaque no nosso país e no mundo. Viva Mato Grosso do Sul! Essa luta é nossa", frisa o deputado Capitão Contar.

Envie seu Comentário